Search
Close this search box.

Convertendo o Material de Partida no Respectivo Produto Natural

No presente exercício, o leitor é convidado a converter o material de partida no respectivo produto natural desejado e terá a oportunidade de aplicar sua criatividade e seus conhecimentos, tendo a liberdade de utilizar o número de etapas e reagentes que julgar necessário. As respostas estão baseadas nas soluções encontradas por seus respectivos autores, no entanto, é possível que o leitor encontre outra rota sintética, inclusive quem sabe até melhor do que a proposta na literatura. Vale lembrar que o importante não é o acerto ou erro e sim o estudo, o aprendizado e o treino constantes, que farão com que o leitor adquira um sólido conhecimento não só em síntese orgânica, mas na química de um modo geral.

[cmsms_image align=”center” caption=”Questão 1″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-1-2.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInLeft” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5339|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-1-2.jpg|full[/cmsms_image][cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInLeft” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”](a) metilamina; (b) redução da carbonila; (c) separação dos enantiômeros.[/cmsms_toggle][/cmsms_toggles][cmsms_image align=”none” caption=”Questão 3″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-3-2.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5344|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-3-2.jpg|full[/cmsms_image]

Proponha as condições reacionais para a obtenção do produto natural ammosamida B, metabólito marinho isolado de cepas do Streptomyces CNR-698.

[cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInLeft” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”] Como já é do conhecimento do leitor, se fizermos uma análise retrossintética da molécula-alvo, podemos obter valiosas informações que irão em muito nos ajudar. Além disso, podemos utilizar as informações contidas nos materiais de partidas, que sempre devem ser analisadas quando se faz esse tipo de exercício. Assim sendo, baseado no que foi dito anteriormente, podemos observar, pelas transformações ocorridas e desconexões, que fica fácil propor uma rota sintética para esse produto natural. A primeira etapa é uma ciclização em meio ácido que irá fornecer o anel tricíclico do produto natural. Em seguida, têm-se metilação do nitrogênio lactâmico; redução dos grupos nitro; cloração do anel e formação da amida. [cmsms_image align=”center” link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/r-3-1.jpg” lightbox=”true” animation_delay=”0″]5346|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/r-3-1.jpg|full[/cmsms_image] (a) ciclização em meio ácido (ATF) em refluxo; (b) CH3I, K2CO3; (c) H2-Pd/C; (d) SOCl2 (luz) ou Cl2 (luz); (e) NH3-MeOH. [/cmsms_toggle][/cmsms_toggles][cmsms_image align=”none” caption=”Questão 5″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-5-2.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInLeft” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5352|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-5-2.jpg|full[/cmsms_image][cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInLeft” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”](a) LiAlH4 (redução da função química éster para álcool); (b) reação de Swern (oxidação da função química álcool para aldeído); (c) Wittig; (d) hidroboração; (e) Swern; (f) Wittig; (g) metátese de olefinas; (h) hidrogenação; (i) redução LiAlH4 (uma maneira elegante de metilação, já que em vez de desproteger e realizar uma reação de metilação, os autores reduziram o grupo protetor obtendo diretamente o grupo metila no nitrogênio).[/cmsms_toggle][/cmsms_toggles][cmsms_image align=”center” caption=”Questão 2″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-2-2.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5342|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-2-2.jpg|full[/cmsms_image][cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”](a) Grignard; (b) cloreto de mesila; (c) hidreto de lítio e alumínio.[/cmsms_toggle][/cmsms_toggles][cmsms_image align=”center” caption=”Questão 4″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-4-2.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5348|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-4-2.jpg|full[/cmsms_image][cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”] Síntese de A (a) 4Me2SO4, 4KOH (30%) aq., refluxo, 4 h, 60% (a função química ácido carboxílico também será esterificada); (b) LiAlH4, THF, refluxo, 1 h, 64%; (c) PCC, DCM, t.a., 1 h, 86%. Síntese de B (a) mesma da síntese de A; (a) MeI, Mg, THF, 20 min. seguido da t.a. então, refluxo      1 h, 46% (uma outra alternativa a reação de Grignard seria utilizar MeLi). A + B = KOH em MeOH-H2O (2:1), t.a., 1h, 94% (reação de condensação aldólica). [/cmsms_toggle][/cmsms_toggles][cmsms_image align=”center” caption=”Questão 6″ link=”https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-6-1.jpg” lightbox=”true” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”pergunta aligncenter”]5354|https://sscdt.org/wp-content/uploads/2016/03/q-6-1.jpg|full[/cmsms_image][cmsms_toggles mode=”accordion” animation=”fadeInRight” animation_delay=”0″ classes=”resposta”][cmsms_toggle title=”Clique aqui para ver a resposta”](a) (CH2O)n, MeOH, NaBH3CN, t.a., 18h (N-metilação); (b) NaN3, NaI, DMSO, 50oC, 24h (SN2); (c) PPh3, THF/H2O (v/v 7:3), 50oC, 2h (redução do grupo azido em amina); (d) Sb(OEt)3, PhMe, refluxo, 18h (ácido de Lewis para favorecer a ciclização intramolecular, e consequentemente, a formação da lactama; (e) Br(CH2)4Br, KOH, DMSO, t.a., 4 d (formação do produto natural).[/cmsms_toggle][/cmsms_toggles]

Compartilhar publicação

Facebook
Twitter
Email
LinkedIn
WhatsApp

Deixe seu comentário

Compartilhar

Sobre a SSCDT

Nosso grupo de pesquisa está situado em Farmanguinhos e atualmente é o maior laboratório farmacêutico oficial vinculado ao Ministério da Saúde. Farmanguinhos produz mais de um bilhão de medicamentos por ano para os programas estratégicos do Governo Federal, além de atender demandas emergenciais no Brasil e no exterior.

posts Recentes